Reflexão Teológica Sobre o Viver e o Morrer em Cristo

Categorias:

Uma das maiores belezas do cristianismo é a correspondência entre o senhorio absoluto de Cristo sobre a criação (conforme disse Abraham Kuyper, “não há um centímetro sobre o qual Jesus não proclame: é meu”) e a adoração total que Deus requer de nós – “amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento” (Lucas 10.27). Ou seja, assim como Deus é íntegro e está profundamente comprometido conosco até, literalmente, a morte (Filipenses 2.8), ele quer que nossa resposta a ele também se aproxime cada vez mais dessa integridade. Essa integridade não é periférica, não é mero detalhe que agrada a Deus e pronto, mas é sobretudo onde residirá nossa saúde mental e emocional, em oposição ao pecado que fragmenta a vida e a identidade. Sem a presença da Palavra no coração e dada à luz na cotidianidade da vida, morrerá o encanto de nossa existência. Com essa necessidade há a necessidade de se refletir sobre os aspectos de ser viver e morre em Cristo.

Palestrante: Pe. Eugênio Pacelli.
Dias: 22 e 31 de outubro.
Carga Horária. 6h.
Horário: 19h às 22h.
Local: Polo Santo Inácio.
Av. Des. Moreira, 2355 – Aldeota, Fortaleza.

 

INSCRIÇÕES ABERTAS – CLIQUE AQUI

Ementa vazia